Aumentar o tamanho da fonte   Diminuir o tamanho da fonte
Lista Telefônica E-mail
Facebook Twitter Instagram

Católicos promovem mais um Círio de Nazaré na UFPA

Professores, estudantes e familiares da comunidade acadêmica participaram do Círio da Universidade Federal do Pará, com o tema “Todos unidos pela fé”. A Instituição recebeu a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré, a mesma que participa das programações da Quadra Mariana em Belém. A romaria seguiu pelas ruas da Cidade Universitária José da Silveira Netto, no Campus Guamá, recebendo homenagens e saudações. O encerramento da visita contou com missa presidida pelo arcebispo emérito de Belém, dom Vicente Zico, no Complexo Recreativo Vadião.

A concentração da procissão foi no Hospital Universitário Bettina Ferro de Souza (HUBFS), onde as crianças com necessidades especiais atendidas pelo Serviço de Crescimento e Desenvolvimento (Caminhar) realizaram uma homenagem especial a Nossa Senhora de Nazaré. Elas cantaram em coro, em frente ao prédio, a música “Nossa Senhora da Berlinda”, emocionando muitos participantes. Esta foi a primeira vez que o Círio da UFPA contou com a participação dos meninos e meninas do Caminhar, uma forma de integrá-los à festa. Para seus familiares, esse foi mais um momento de agradecer pela saúde das crianças.

Emoção - A dona de casa Vanderlea Amoedo Tavares, mãe de Reynan Garcia, de 10 anos, comentou que ver o filho nos ensaios cantando para Nossa Senhora de Nazaré foi “uma grande emoção”. Ela revela que a ocasião foi de agradecimento. O mesmo disse Maria Itel Lopes da Silva, avó de Evelyn Carla Borges, de 10 anos. Ela disse que ter sido uma oportunidade de pedir a bênção da Mãe de Deus em companhia da neta. A presença da imagem da Santa no Hospital levou cerca de meia hora, o suficiente para percorrer os serviços oferecidos no HUBFS. Por onde a padroeira dos paraenses foi conduzida, os pacientes pediam a bênção.

Também fizeram parte das homenagens: o Grupo de Oração Universitário (GOU), formado por servidores, professores e estudantes da instituição de ensino, que são os responsáveis pela animação da romaria; e o Coral de 20 vozes do Instituto de Tecnologia (ITEC). A procissão da UFPA seguiu pelas ruas do Campus Profissional e do Campus Básico, com a animação do GOU Maranatá. Em todo o percurso, a Virgem recebeu saudações com fogos, balões e papel picado. Alguns institutos e unidades decoraram as fachadas para a passagem da Imagem.

Expectativa superada - A culminância da visita foi a missa presidida pelo arcebispo emérito dom Vicente Zico, realizada à beira do rio Guamá, no Complexo Recreativo Vadião. A Imagem foi recebida com chuva de pétalas de rosa e a comunidade acadêmica participou com cânticos e orações. Segundo a servidora e integrante da Comissão do Círio da UFPA, Nádia Nogueira, este ano, a participação de fiéis cresceu. “Não tenho como estimar a quantidade de participantes, porém organizamos o espaço com 500 cadeiras e muitas pessoas ainda ficaram em pé”, comemora. A comissão organizadora do Círio da UFPA também tem a participação das servidoras Estér Arero, Livi Gomes, Lindalva Souza e da colaboradora Nazaré Moura.

Bênçãos - Na celebração, dom Zico destacou valores como humildade e respeito e explicou sobre os vários títulos que Maria possui, entre os quais, o de Rainha da Sabedoria, fazendo paralelo com a importância de integrar Igreja e Universidade, algo, segundo o arcebispo, mencionado, inclusive, pelo papa João Paulo II, na última visita que o fez. “Quem sabe ao dizer isso, a UFPA estava no coração do papa”, disse dom Zico, que encerrou a missa desejando que as bênçãos de Deus e de Nossa Senhora estivessem com os fiéis não somente naquele dia, mas também por todos os dias das festividades da Quadra Mariana.

Espaço onde ciência e fé se complementam - O reitor da UFPA pronunciou-se agradecendo a presença do arcebispo emérito, uma vez que o arcebispo metropolitano dom Alberto Taveira não pôde estar presente em razão de outras agendas. “Dom Zico veio preencher a expectativa de todos nós, com mensagem extraordinária, à altura de sua missão como pastor”, afirmou Carlos Maneschy. O reitor destacou o valor da humildade, lembrando das figuras de São Francisco de Assis e do papa Francisco, exemplo de tolerância ao compreender a diversidade em seu sentido amplo e ao afirmar que não há verdade absoluta, mas muitas verdades, que precisam ser todas respeitadas para que, assim, a humanidade possa avançar na promoção da paz no mundo.

“Temos que fazer da Universidade este espaço onde ciência e fé se complementam e possam ser usadas a favor do homem e não de forma conflitante. Na Universidade, temos que exercitar a humildade e não o pensamento autoritário. Pobre de espírito é aquele que acha que sabe tudo. É pela humildade que se encontra a verdade. Devemos ter sempre em mente que não há primeiros entre iguais”, falou Maneschy, sob aplausos.

Nossa Senhora vai ao encontro dos filhos - Também estiveram presentes na celebração os pró-reitores de Administração, Edson Ortiz; de Gestão de Pessoal, João Cauby; e de Planejamento, Raquel Trindade, bem como o ex-pró-reitor de Planejamento, Erick Pedreira; o diretor do Hospital Bettina, Paulo Amorim; diretores de institutos, faculdades e de unidades. “É um momento fundamental de reflexão e oportunidade de ouvir o evangelho em nosso local de trabalho. Nossa Senhora vem ao encontro de nós, quando na maioria das vezes são os filhos que devem ir ao encontro da mãe. Este momento renova nossa esperança e nos despe de vaidades, o que deve ser exercitado todos os dias na Universidade”, sintetizou o pró-reitor Edson Ortiz.

Estudantes também aproveitaram a oportunidade da visita da imagem peregrina para agradecer e orar. José Augusto Quaresma, do sexto semestre do curso de Sistemas da Informação, estava à frente da animação da festa. “Não poderíamos deixar de prestigiar a visita de Nossa Senhora de Nazaré à família UFPA, o que nos faz exercitar nossa fé e fraternidade”, disse. O estudante, que integra o grupo de oração da UFPA, aproveitou para convidar os jovens universitários a participarem das reuniões semanais que ocorrem todas as sextas-feiras, às 12h15, no Auditório do Hall da Reitoria, e do Encontro Regional do Movimento Universidades Renovadas, que, este ano, ocorrerá, de 15 a 17 de novembro, na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). Interessados em obter mais informações sobre o encontro e sobre o GOU Maranatá podem entrar em contato pelo fone (91) 8139-3429.

Para conferir a galeria de fotos sobre a visita da imagem de Nossa Senhora de Nazaré na UFPA, clique aqui.
Confira também a fanpage do Círio da UFPA

Texto: Jéssica Souza – Assessoria de Comunicação da UFPA, com informações de Edna Nunes, da Assessoria de Comunicação do HUBFS
Fotos: Alexandre Moraes

Publicado em: 04.10.2013 17:00